Os dois Alicerces

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Série Revendo meus fundamentos – Tema da Semana – Os dois Alicerces

Texto Base: Mateus 7.24-27

Quebra Gelo:Você já teve essa experiência de conhecer algo há muito tempo, porém nunca ter sido beneficiado pela pratica de tal conhecimento e depois de experimentado, ter se arrependido de não ter feito antes?

Uma frase que me chamou atenção nesses últimos tempos, foi a seguinte: “Não importa o quanto você hoje conhece da Bíblia, mas oque você conhecer, pratique”! Então continue a conhecer e praticar.

Segundo a Fundação Getúlio Vargas, a cada ano entram milhões de pessoas para as igrejas evangélicas. O índice de evangélicos no Brasil subiu muito e hoje somos mais de 42,3 milhões de pessoas ou 22,2%, porém muitos destes não chegam a conhecer e nem desfrutar dos benefícios providenciados por Deus para nós. Na verdade muitos desistem da fé e outros passam a vida sem conhecer o Deus que servem.

As promessas bíblicas se tornam realidade na vida do cristão à medida que o mesmo aprende e vive os princípios da palavra de Deus. Os fundamentos (alicerces) da fé cristã são simples e básicos, porém profundos e capazes de nos transformar, desde que“vivamos esse evangelho” e não apenas o conheçamos.

Jesus conta a história de dois homens, um prudente e outro insensato. Ambos edificaram suas casas, porém, cada um deles edificou de uma forma, em um fundamento diferente. Um deles construiu os alicerces de sua casa sobre uma rocha (Jesus e sua palavra), enquanto o outro construiu na areia (seus próprios conhecimentos/conhecimentos errados). Jesus evidencia a diferença das duas construções, comparando-as com aqueles que ouvem e praticam a Sua palavra e os que fazem o contrário.

1 Ouvir e praticar a palavra de Deus é o alicerce que fortalece contra as dificuldades da vida. Jesus trabalha nessa parábola sobre o grande poder da Palavra de Deus. Alguém que ouve e coloca a palavra do Senhor em prática é comparado a alguém prudente, alguém que consegue resistir às condições mais adversas da vida e permanecer firme, pois seu alicerce está no lugar certo, sendo suficientemente forte e resistente. Nessa série iniciada essa semana, vamos rever fundamentos da nossa fé cristã, pois pode acontecer de “acharmos” que conhecemos e vivemos, mas podemos pelos resultados (frutos/consequências) da nossa vida, descobrir se há ou não necessidade de rever oque cremos e como cremos.

A forma como construímos nossa “casa” determinará o futuro dela.O texto deixa claro que a forma como é feita uma construção atua com forte impacto no futuro dela. A casa construída sobre os fundamentos corretos enfrentará chuvas, transbordamento de rios, fortes ventos, mas permanecerá firme, protegendo quem está dentro dela. Já a casa construída sobre fundamentos incorretos tem sua destruição certa, pois não aguentará a força da natureza contra ela, sendo ruína para quem mora nela e ela própria sofrerá grande destruição.

Quando se descobre rachaduras numa casa, logo um perito poderá na maior parte das vezes, apontar que a causa é falha nos fundamentos, então podemos refletir sobre como anda nossa vida, pessoal, familiar, financeira e espiritual, se percebermos rachaduras e desabamentos é sinal que não estamos vivendo oque a bíblia diz, então será necessário “vasculhar” a causa e esta pode ser falha em nossos alicerces espirituais, ou até mesmo a ausência destes alicerces, porém podemos apenas verificar que tudo não passa de um MOMENTO de prova, então investigue!

3A nossa “casa” precisará passar pela prova. Tanto a casa construída pelo prudente quanto a construída pelo insensato, tiveram de passar pelas provas. Isso nos indica que todos nós passaremos por problemas, por provações, que virão se chocar contra a “casa” que construímos. Se ela ficará de pé ou não, se será aprovada ou não, dependerá dos alicerces em que lançamos a nossa construção.

Mas é claro que sempre podemos reconstruir alicerces novamente, desde que estejamos dispostos a destruir oque estava errado e arcar com todo trabalho e bagunça que isso requer; talvez possamos descobrir que áreas que estão afundando são partes que nem tinham fundamento, e que com o peso das circunstancias tudo começou a declinar.

Conclusão:

A bíblia nos promete uma Vida Abundante, e neste ano falamos sobre viver uma Graça Abundante, essa vida abundante virá à medida que conhecermos mais do Senhor e da sua palavra, à medida que experimentarmos Deus, à medida que superarmos as tempestades da vida, à medida que fortalecermos alicerces enfraquecidos, por isso te convido a revermos nesses próximos meses se nossa fé esta bem fundamentada, ou seja, vamos estudar e rever nossos conhecimentos sobre Deus e sua palavra. Vamos nos perguntar: Eu vivo mesmo o que digo que creio? Oque creio, é oque a bíblia realmente ensina? Eu realmente tenho conhecido e experimentado Deus? Eu pratico oque conheço?

Se esse é seu desejo, se quer ter sua vida e sua casa alicerçadas sobre a Rocha, há e sempre haverá esperança e restituição para nós! Vamos orar.Pastora Jucileni Machado 24/07/2017

Abrir chat
1
Precisando de Ajuda ?
Olá
Precisando de Ajuda?